Unidades e Cursos Curso

Microeletrônica

O que o aluno estuda

As disciplinas básicas são física, química, matemática, geometria analítica e computação. As específicas abrangem circuitos elétricos, dispositivos semicondutores, técnicas de caracterização de materiais e simulação de processos e dispositivos, entre outras. O aluno aprende, por exemplo, a montar projetos de circuitos integrados, fabricar placas de circuitos impressos e analisar circuitos digitais, além de desenvolver conhecimentos básicos sobre tecnologia de materiais, ambientes controlados e tecnologia do vácuo. Redação e inglês técnicos reforçam o currículo.

O que o profissional faz

Desenvolve atividades de controle, qualificação e otimização de processos de fabricação de componentes eletrônicos. Pode projetar e desenvolver esses componentes, além de fazer a manutenção dos sistemas. Atua na supervisão de linha de produção, na operação de equipamentos complexos, no controle de qualidade de componentes e na análise de materiais. Também está habilitado ao trabalho em ambientes controlados (salas limpas). O curso forma um profissional multidisciplinar, com conhecimento de tecnologias inovadoras (nanotecnologia), o que permite atuar em diversos setores da indústria, como eletroeletrônica, telecomunicações e farmacêutica.

Onde trabalhar

Indústrias das áreas de eletroeletrônica, mecânica (sensores eletroeletrônicos), equipamentos biomédicos (ex.: marca-passo) e laboratórios farmacêuticos. Pode atuar também em instituições de ensino e pesquisa. Como empreendedor, o tecnólogo poderá prestar serviços de consultoria e elaboração de projetos, como circuitos impressos (placas), ou ainda em treinamento e capacitação de pessoal.

Eixo tecnológico

Controle e Processos Industriais

Talvez você possa se interessar também por

Automação Industrial, Eletrônica Automotiva, Eletrônica Industrial, Mecatrônica Industrial

Escolas que oferecem este curso